amores expresos, blog do ANTÔNIO

Monday, October 6, 2008

O leito no pleito

(Publicada no Estadão, no caderno Metrópole, onde aliás escrevo agora, um domingo sim, um domingo não. Meu domingo não é domingo sim da Vanessa Bárbara, gênia da raça, que pode ser lida no www.hortifruti.org)

Dizem que num dos pergaminhos do Mar Morto, escrito em aramaico no século II A.C. e só recentemente decifrado, encontraram um versículo perdido do Gênesis. Depois de expulsar Adão e Eva do paraíso e condená-los aos castigos já conhecidos, Deus teria acrescentado: “E mais! Ireis para a cama dispostos, mas acordareis um caco” – numa livre tradução.
Não sei quanto a Adão, Eva e você, leitor, mas em mim a pena ainda vigora, forte como nos tempos pré-diluvianos. Um minuto antes de deitar-me tenho ganas de ler toda a obra de Machado, pegar a Sessão Corujão do comecinho, arrumar a gaveta onde cartas da primeira namorada misturam-se às últimas declarações do imposto de renda. Já ao abrir os olhos pela manhã, tudo o que eu queria era poder dormir de novo, para sempre. Depois de atravessar esse lusco-fusco existencial em que a vida, pendurada nas pálpebras, faz todos os projetos parecerem impossíveis, ganhar o pão com o suor do próprio rosto é fichinha.
Assombra-me que o direito ao sono não tenha surgido na pauta de nenhuma vanguarda do século XX. Liberaram o sexo, acusaram a família, o Estado, a Igreja; queimaram fumo, a bandeira americana, sutiãs: por que raios não foram às praças pisotear despertadores? Por que os mesmos que conseguiram fazer “samba e amor até mais tarde” não tiveram coragem de dormir mais um pouquinho, evitando “muito sono de manhã”? (Alarme, do italiano, às armas! Pode haver etimologia mais nefasta para trazer-nos dos sonhos à labuta?).
O honrado leitor, que acorda com os galos ou as primeiras buzinas, talvez ache o assunto por demais comezinho para uma passeata. Não deve ter compreendido, ainda, as repercussões políticas da auto-gestão do sono. Se cada um acordasse quando quisesse as pessoas sairiam de casa aos poucos, não haveria rush, o transporte público daria conta do recado, as emissões de carbono despencariam, a Islândia pararia de derreter, a Björk estaria salva, assim como os ursos polares, Ilhabela, o futevôlei, Veneza, os pingüins e Ubatuba, sem contar que teríamos tempo para ler, ver TV, arrumar a gaveta, fazer samba e amor até mais tarde e não ter muito sono de manhã.
Embora o tema seja urgente, não o vi ser discutido em nenhum debate pelos candidatos que hoje disputam nosso voto. Sequer um nanico ou aspirante a vereador, desses que encampam as bandeiras mais disparatadas, levantou a voz (abaixou, talvez, seja o termo correto) para defender o sono de 10 milhões de habitantes.
Podem alegar que, dada a grandeza do problema, não caiba ao município resolvê-lo, mas ao governo federal ou talvez à ONU. De acordo, mas em algum lugar a revolução tem que começar. Ou nos levantamos imediatamente pela auto-gestão de nosso sono, ou daqui a pouco a água estará batendo em nossas olheiras. Ou vice-versa. Às armas!

43 Comments:

Blogger Regina Erva-da-Graça said...

Concordo plenamente com vc!!! Reivindico pelos mesmos direitos a anos!! Temos que fazer um levante sim, em favor do nosso sono, onde já se viu, eu ser praticamente obrigada pela sociedade a acordar de manhã e dormir de noite. Que isso?? Porque muitos julgam quem acorda tarde preguiçoso, mas não sabem que horas o indivíduo foi dormir e o que estava fazendo. Assim como as pessoas que acordam e dormem nos horários diurno e noturno trabalham, estudam, etc, quem dorme tarde tb pode faze-lo, da mesma forma podem não fazer nada lá muito produtivo, isso em qualquer horário. Dou-lhe meu total apoio para uma revolução. Mas, por favor, depois do meio-dia!

October 6, 2008 at 1:04 PM  
Anonymous Rafael said...

Oi, Antônio, tudo bem?

COnheça o meu Blog:

www.depoisdafimose.wordpress.com

Te espero Lá.

Abs,
Rafael

October 6, 2008 at 1:26 PM  
Blogger Cabrita Hanna said...

Poxa, qr soninho melhor do q o do "só mais 10 minutinhos".
Com essa medida o rendimento geral iria de fato aumentar, pelo menos o meu!

Um abraço!

October 6, 2008 at 2:33 PM  
Anonymous Lisa Molan said...

Este texto realmente me "pegou". Seu estilo e forma de conduzir o leitor é jóia. Lerei mais coisas suas com certeza, muito sucesso. Coloquei este texto, mencionando a sua autoria em um site de conteúdos, www.vistafina.com.br. É para divulgar boas coisas como este texto.

October 6, 2008 at 4:47 PM  
Blogger Larissa Bohnenberger said...

Apoiado!
Esta bandeira eu ergo junto com você! Vamos militar em prol do direito que nós, seres humanos, temos de organizarmos o sono a nossa maneira! Já está na hora de dizermos não à ditadura do acordar cedo. Rebelemo-nos contra o eterno castigo divino a nós, meros decendentes longínquos daqueles a que este castigo geralmente se dirigia! E tenho dito!

October 6, 2008 at 7:25 PM  
Blogger Nica said...

Meu caro Prata, tenho lágrimas nos olhos. Finalmente, um companheiro de causa!

October 6, 2008 at 9:46 PM  
Blogger Ane Talita said...

hauhauhauhau

apoiado companheiro!

October 7, 2008 at 4:39 AM  
Anonymous Carla said...

Eu sei porque nenhum líder defende o direito ao sono. É por causa da pressão exercida pelas grandes empresas de café. Se eu e todos os meus colegas de trabalho levantássemos depois das 9h todos os dias, jamais consumiríamos uma térmica de café todas as manhãs.

October 7, 2008 at 7:48 AM  
Anonymous Gabriel Leicand said...

Aqui tem um ex-equipano feliz em tê-lo domingo sim, domingo não ao lado da xícara de café (sim, sou um ex-equipano que quase assumidamente lê Estadão; já quase ignoro as críticas de meus semelhantes).
Espero por esse dia desde "Bar bom é bar ruim". Na época estava no Equipe ainda, imagine como recebemos suas palavras? A crônica quase foi costurada em pano para ser estendida como nossa flâmula.

October 7, 2008 at 11:21 AM  
Blogger Renata Megale said...

toine!
demais sua primeira cronica. arrasou muito!
beijo , re

October 7, 2008 at 12:16 PM  
Blogger Nathália Vargas said...

antonio, prometo que quando eu for polítca vou levar a sério sua proposta de defender o sono e conto com o seu voto daqui a alguns aninhos

beijos
ps: minha amiga falou que te mando um e-mail e que o dia da fenalba mudo se puder depois me deixa um recadinho com a nova data e a hora que vc vai estar lá :DD

October 7, 2008 at 1:10 PM  
Blogger LIANA said...

graças a Deus que voce voltou esta com saudades

October 7, 2008 at 1:26 PM  
Blogger Filhas da Pagu said...

Ahhh como eu entendo! Se tivessemos o direito de trabalhar a noite e dormir de dia garantidos na CLT tudo fluiria melhor...

Bjs, Karol.

October 7, 2008 at 1:58 PM  
Anonymous Srta. Rosa said...

E eu, que nem faço samba e amor até mais tarde e tenho muito sono de manhã? Affe.
Pelo direito de dormir, apoiado.

Bezzos,

October 7, 2008 at 2:02 PM  
Anonymous Cecília said...

Antônio,
vai abaixo um artigo que acho que vai te interessar (creio que li a respeito em 2007). Quem sabe esse movimento pega? (tomara, pq eu tb não funciono muito bem de manhã)
Seria uma alternativa ao trânsito, às filas, às escolas e empregos, além de vários outros problemas que a sociedade apresenta no formato atual.
Abraços.
Cecília


Como informou o portal BBC Brasil, na sexta-feira, dia 31, vem sendo implantado na Suécia o conceito de “Sociedade B”, que leva em conta as variações entre os ritmos biológicos das pessoas.
O conceito faz uso de pesquisas que dizem que algumas pessoas funcionam melhor pela manhã outras pela noite, devido às diferenças de tempo dos ciclos biológicos dos indivíduos.
Entre organizações, escritórios e locais de ensino, a primeira instituição do país a adotar o conceito da Sociedade B é a escola secundária Vasa Lärcentrum, da cidade de Gotemburgo.
A partir de setembro a escola irá oferecer turnos opcionais entre 8 da manhã e 8 da noite. Segundo informações da BBC Brasil, o turno tarde/noite está sendo introduzido após pesquisa com 150 alunos da escola, que disseram aprovar a idéia.
Segundo especialistas, o novo horário não só aumentaria a produtividade de alguns alunos, como aproveitaria melhor as instalações da escola.
O conceito de B-Samfundet – ou Sociedade B – foi criado ano passado na Dinamarca e nos próximos meses será introduzido na Noruega e na Finlândia, e até o fim do ano será lançado no Reino Unido.

October 7, 2008 at 3:16 PM  
Blogger ester rocha said...

Estou contigo nesta luta!! e mais... se você se candidatar meu voto já é seu!!

October 7, 2008 at 8:10 PM  
Anonymous Anonymous said...

Antonio Prata,
Você era o motivo pelo qual eu com 25 anpos continuava assinando capricho, e quando saiu enviei vários email de reclamação....
Imagina a minha alegria quando soube que agora iria escrever no Estadão.
Te desejo todo o sucesso do mundo
Beijos
Andressa

October 8, 2008 at 3:53 AM  
Blogger fernanda said...

mas o pior, o pior mesmo, é aquela sensação de acordar apenas 2 minutos depois de ter deitado!

Beijos, querido

October 8, 2008 at 7:04 AM  
Blogger Brasil. said...

Minha professor de inglês insiste com o colégio de que a nossa entrava não tinha que ser as 7:30hrs da manhã e sim mais tarde, pois de que adianta as "crianças" entrarem cedo se não aproveito o aprendizado por causa do sono?
E eu acho também que se a gente acordasse na hora que quisesse, teriam muito mais pessoas sorridentes e felizes do que mal-humoradas por causa do sono.

October 8, 2008 at 10:15 AM  
Blogger Brasil. said...

Além do que, sempre que eu acordo eu fico com sono, e me sinto um ser impossibilitado de viver o dia..

October 8, 2008 at 10:16 AM  
Blogger Maysa said...

Espero ansiosa uma crônica sobre o libanês, seus chapéus e os 12 macacos - aliás, impossível não associar com o sci-fi do Terry Gillian.

Obrigada pela visita a pequena e pacata cidade de Adamantina.

October 9, 2008 at 1:19 PM  
Blogger Te said...

Sono é sagrado meu amigo.

Maitê

October 9, 2008 at 4:23 PM  
Blogger beatriz said...

This comment has been removed by the author.

October 9, 2008 at 7:13 PM  
Blogger Raphaela said...

...por doses a mais de serotonina,despertadores a menos em nossas manhãs.
beijos

October 9, 2008 at 7:18 PM  
Blogger Laiza Machado said...

onde é que vai ser a passeata? Já tô arrumando as malas para a luta!

October 10, 2008 at 5:00 AM  
Anonymous Pedro Borges said...

Esse texto me deu sono (e no caso não é uma crítica, pelo contrário! Adoro dormir!).
retribua a visita que te faço (agora serei seu leitor aos domingos também):
www.balaiodopedrao.blogspot.com
Sabia que meu sonho era ter uma crônoca semanal no Estadão? Desde quando o Veríssimo começou a escrever lá.
tenho inveja de você e já estou batendo o tambor para que seu computador dê uma pane irreversível...
brincadeira!

October 10, 2008 at 2:28 PM  
Anonymous luci said...

hoje acordei às 17:15 e acho que fiquei apaixonada por vc.

October 10, 2008 at 3:54 PM  
Anonymous Háira said...

totalmente de acordo!

October 11, 2008 at 7:06 PM  
Blogger Tayná said...

Nada como uma boa noite de sono. Entenda como boa apenas aquela que começa depois das 3 da manhã e só acaba lá pelas 2 da tarde.
Realmente muito boa a crônica.
Tá, eu sou uma puxa-saco oficial sua (ou pelo menos é isso que parece), mas qual o problema, afinal? Você é maravilhoso no que faz ^^

:)

October 12, 2008 at 4:28 PM  
Blogger Little Miss Complicate said...

Você me inspira a continuar escrevendo!!!
Amei esse seu texto.
Talvez qualquer dia desses, quando a sua gaveta já estiver arrumada e você fez tudo o que tinha para fazer: Visite meu blog.
www.cabelocorderosa.blogspot.com

-Marcella

October 13, 2008 at 4:56 PM  
Anonymous Graziela said...

Caro Antonio Prata,
Sou Graziela,estudante do 1ºEM e conheci seu trabalho na revista capricho,que não leio mais, porém acompanho seu trabalho pelo blog e pelo Jornal Estado de São Paulo.
Aprecio muito seu trabalho e parabenizo pelo incrível manejo com as palavras.
Gostaria de pedir-lhe um favor, mesmo que entendo a sua agenda realmente cheia.Poderia mandar-me um texto,de sua autoria acredito, sobre um taxista que perguntou sobre a situação dos índios no Brasil?
Fiquei apaixonada pelo texto e o recortei porém acabei perdendo-o.Não lembro título e isso não me permitiu a busca no "Google".
Parabenizo novamente, desculpo-me pelo atrevimento e agradeço desde já.
grazielacampana@hotmail.com

October 13, 2008 at 5:28 PM  
OpenID samiemaybe said...

"levantamos imediatamente pela auto-gestão de nosso sono"

apoiado! o mundo seria realmente um lugar melhor!

:*'s

October 14, 2008 at 7:04 AM  
Blogger Laís Graf - Prosopopéia said...

Amo seus textos. Desde sempre!

October 14, 2008 at 4:08 PM  
Blogger Rita said...

APOIADERRRRIMO.

October 16, 2008 at 1:11 PM  
Blogger laura said...

Antônio, o maior representante da nossa nobre causa és tu! =)

concordo, porque cansei de depender de cafeína e sair de casa com a lua no céu!

beijo!

October 16, 2008 at 4:52 PM  
Blogger Léia Carvalho - LC said...

Antonio, Antonio, que sacada essa hein.
Eu que sempre fico corujando até sabe lá Deus que horas (decidi não olhar mais no relógio, eu apenas ajusto o horário dele tocar logo no início da noite e depois não olho mais), nunca tinha pensado nesse ponto, nessa batalhan tão grandiosa.
Levantarei essa bandeira do sono livre. Afinal estaremo salvando muito mais que nossos olhos cansados, estaremos salvando o mundo.
Adorei!!!! E VIVA MEU SONINHO ATÉ AS 10 uhuuuuuuuuuu

October 16, 2008 at 5:50 PM  
Blogger Thabata Lima. said...

Isso é assunto para ser discutido no planalto central, na escola, no café, durante o sexo... façamos algo não é? Porque precisamos dormir!!!!

Parabéns, você é ótimo! ^^

October 18, 2008 at 2:49 PM  
Anonymous Anonymous said...

sensacional!

October 18, 2008 at 7:25 PM  
Blogger Jessica Lara said...

Até que enfim alguém debateu esse assunto sem medo de parecer um vagabundo de plantão, um come a dorme que não faz nada da vida e ainda utilizou de argumentos válidos para defender essa causa (argumentos estes que eu usarei com a minha mãe quando quizer me arrancar a força da cama)
Dormir é coisa séria minha gente, saibam estou com vocês companheiros,
Liberdade, Igualdade, Fraternidade e Noites Bem Dormidas!
À revolução!

October 19, 2008 at 1:30 PM  
Blogger Ana said...

Menino!
Eu acho isso mto!!!
E eu só resolvi comentar porque eu qdo eu li aqui a crônica, agorinha mesmo, sabe o que eu tava ouvindo??
Samba e Amor!

bjs
ana

October 20, 2008 at 3:04 PM  
Blogger Camilla Tebet said...

às armas.
Vc escrever liso.

November 1, 2008 at 10:44 AM  
Blogger Flor de Bela Alma said...

Meu querido Antônio, eu achei que só eu pensava nessas coisas...risos! Eu sonho com isso tem tempo e se possível a vida deveria começar depois do almoço, né?! Um abraço meu e do Maurício: Bianca

November 21, 2008 at 12:13 PM  
Blogger Mateus do Amaral said...

Olá, Antonio. Você poderia me informar o seu e-mail? Gostaria muito de poder conversar com você sobre essa carreira de cronista. Perdoe o incômodo. Um grande abraço.

November 25, 2009 at 8:34 AM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home