amores expresos, blog do ANTÔNIO

Friday, June 27, 2008

Pensamento Único

A calabresa está com os dias contados. É a próxima vítima na cruzada puritana que assola o Globo. Quando a última bituca for apagada no fundo do derradeiro copo de chope, pode anotar: eles virão atrás da lingüiça.
A caçada, na verdade, já começou. Ontem à noite, num bar, uma garota em minha mesa resolveu desafiar o espírito do tempo e pedir ao garçom, sob olhares atônitos dos outros comensais, um sanduíche de calabresa. O resto da turma a olhou, incrédulo. Diante de suflês de abobrinha, saladas verdes e outros corolários anódinos do auto-controle, pareciam dizer, cheios de orgulho e inveja: você não sabe que não se pede mais esse tipo de coisa?!
Por enquanto, a repressão é apenas cultural, mas é assim que começa. Em breve os carnívoros começarão a ser hostilizados em restaurantes. Depois, quem sabe, serão obrigados a usar estrelas vermelhas costuradas à roupa. Daí para os cercarem em guetos e você-sabe-bem-como-essa-história-termina é apenas um passo.
A moda agora é das comidas funcionais. Suco de berinjela, salada de alfafa, meia uva com três grãos de gergelim... Tudo pelo bom funcionamento do sistema digestivo, como se fôssemos meras máquinas a serem reguladas. Daqui a pouco o garçom vai perguntar, enquanto toma nosso pedido: “quer que dê uma olhada no óleo e na água?”.
Podem dizer que é para o nosso próprio bem. Que a gordura mata e o agrião salva. Amém. Acredito, no entanto, que a opção preferencial pelas fibras nada tem a ver com a saúde do corpo mas, sim, com uma doença da alma: o sabor está ficando démodé. Há uma espécie de ascetismo religioso nessa austeridade dietética. Um júbilo penitente pelo auto-controle. Segundo o novo moralismo alimentar, os gordos são preguiçosos, os carnívoros são lascivos e quem pede uma calabresa, de noite, na frente dos outros, só pode estar completamente fora de sintonia com a própria época.
A questão é séria e requer uma atitude. Glutões de todo o mundo, discípulos de Baco, cultores do bom, do belo e do supérfluo, uni-vos: o prazer subiu no telhado. Ponham as carnes na grelha, aumentem o som, abram um vinho, reajam! Antes que seja tarde e o mundo se transforme numa barra de cereal. Light.

53 Comments:

Blogger Matheus Marques said...

Oh não. A calabresa não. Levem tudo, menos isso. Eu não quero viver num mundo sem gosto, sem gordura, só com agrião. Carne, salva, sim, sim. Amém.

hahaha
gosto mto de vc o/

June 27, 2008 at 9:09 AM  
Anonymous Cecília said...

E o torresmo, gente?!

June 27, 2008 at 1:30 PM  
Anonymous Srta. Rosa said...

Pft. A minha colega de trabalho tem um tratado pendurado na baia:
"Porque eu não como animais."

Aí, eu pra sacanear, que não tenho saco pra xiita de nenhuma espécie fiz um adesivo com a carinha dela:

"Eu sou amiga do camarãozinho."

Prft. Ninguém merece.

June 27, 2008 at 7:53 PM  
Anonymous Anonymous said...

A calabresa é mesmo um clássico... a privação é mesmo uma judiação dos tempos modernos. E olha que eu sou vegetariana!

Sucesso Antônio! De momento me delicio com suas crônicas...

Saludos desde barcelona,
babi

June 28, 2008 at 8:08 AM  
Anonymous Jessie said...

o texto veio bem a calhar..essa semana no trabalho ganhei um discurso de meia hora por ter comido um pacote de doritos


deus tenha piedade das calabresas....

June 28, 2008 at 5:19 PM  
OpenID nelsonpretto said...

delícia... delícia antonio prata. assino embaixo, emcima, ao lado e em todos os guardanapos dos botecos a sua "campanha" contra o tal "pensamento único" e em defesa da "preservação" da calabresa! maravilhoso e tô apontando a crônica do meu blogue de viagens para o seu!

June 29, 2008 at 9:16 AM  
Anonymous Anonymous said...

Olá olá olá,
olha pode parecer estranho vindo de uma pessoa que realmente abomina calabresa, principalmente com pimenta,(mas os doritos eu apoio heheh)
Mas vc tem razão Antonio.
Os desgostos da vida tão passando pros hábitos alimentares...

June 29, 2008 at 12:20 PM  
Anonymous Paola said...

o.O vc não consegue mesmo conviver de boa com os vegetarianos e afins né.. aah relaxa Antonio ! Antes a calabresa qe, sei lá, a picanha! :x
Beiijos !

June 29, 2008 at 12:27 PM  
Blogger Tayná said...

Digamos que eu não gosti de calabresa, mas adoro uma picanha, um bacon.. Hmmmm... E como mesmo!
Queremos sabor *-*

Beijos.

June 29, 2008 at 12:43 PM  
Blogger Yalle said...

Afff!!! A calabresa não!!!! Tudo bem tomar aqueles suquinhos de soja... e frango grelhado! mas tirar a calabresa? de jeito nenhum!!
Carnívoros, uni-vos!!!
rsrs

June 29, 2008 at 5:45 PM  
Blogger Noga Lubicz Sklar said...

Delícia, Antonio. Faz tempo que não passo aqui, e estou contigo. Olhe que já fui vegetariana radical, nem ovo nem leite nem gosto, mas vou te contar: é tudo balela. Depois que encontrei "o amor" deixei tudo pra lá, como (e bebo) de tudo e tem dado muito mais certo. Recomendo.

June 30, 2008 at 3:30 AM  
Anonymous Anonymous said...

Viva o salame ! rs

June 30, 2008 at 8:37 AM  
Blogger maa.rcela said...

a calabresa e a mortadela nao podem entrar em extinçao ..

June 30, 2008 at 3:06 PM  
Blogger Ly said...

adoro mt seus textos.. quando crescer quero escrever igual a você hehhe ;x

June 30, 2008 at 5:33 PM  
Blogger Rayssa said...

Me dá o documento que eu assino. Com dedos sujos de gordura saturada.

June 30, 2008 at 7:06 PM  
Blogger Laurinha said...

Isso é modernidade do Sudeste (sem regionalismo) aqui no Maranhão um bom prato de calabresa ou de carne de sol será sempre bem vindo! ^^

July 1, 2008 at 8:58 AM  
Blogger Débora Rossi said...

Simplesmente... Lindo.

July 1, 2008 at 9:00 AM  
Anonymous Anonymous said...

A coisinha mais linda na MTV hj, chega dá vontade de levar pra casa.. rsrsrsrsrsrs

July 1, 2008 at 10:48 AM  
Anonymous kah_princess said...

ou,ou,ou....
Calabresa nÃo...please!!!

Pôxa, é a pizza de que eu mais gosto... :(
rsrs

Bjinhux Antônio!!!

Curto muiiito o seu trabalho

July 1, 2008 at 12:59 PM  
Blogger Jessica Lara said...

Viva o sabor!
Abaixo a tudo que for "saudavel"!
E que venham as calabrezasss...

July 1, 2008 at 4:21 PM  
Anonymous Anonymous said...

... interessante, vc me fez pensar que antes a repressão tinha um objetivo maior e era mais, digamos assim, ampla, atingia rapidamente "todos" que (...) agora a repressão aparece assim, como quem não quer nada, passos de pluma, tipo inofensiva mesmo, para depois virar uma paranóia coletiva e em série, mudando de um lugar para o outro. Isso leva a pensar que o ser humano tem uma sede cavernosa por algum tipo de repressão. vai ver muitos tem a absoluta certeza de que "reprimir é civilizar", ou seria o contrário?
p.s.: achei isso de reprimir cala_bresa meio freudiano hehhehe
beijos
Mel_***

July 1, 2008 at 5:21 PM  
Blogger Caroline. said...

haiiuahauihauiaha
eu voto que o mundo vire uma barra de cereal light, apenas com proteínas vegetais.

July 1, 2008 at 5:34 PM  
Blogger Karol Gonçalves said...

This comment has been removed by the author.

July 1, 2008 at 8:48 PM  
Blogger Karol Gonçalves said...

Ai!Barras de cereais são feitas com casquinhas de lápis,como diria willy wonka!Não!

July 1, 2008 at 8:48 PM  
Blogger Camila said...

pior é q eu odeio barra de cereal. putz =s

July 1, 2008 at 10:53 PM  
Blogger gabi lhama said...

Vamos lá....
Temos que nos preocupar com nossa saúde sim , claro não sendo radical.
Pois hoje com fast-foods , comidas enlatadas , a consequência é a obesidade mesmo e o colesterol altísssimo.
As verduras , legumes, sucos naturais tem sim que ser um complemento para nossa refeição diária.
Agora um dia ou outro , até mesmo nos finais de semana querer abusar um pouco não faz mal a ninguem ...
O problema é que as pessoas , tem uma vida sedentária , o trabalho não é mais braçal como antigamente ...isso é um fator para preocuparmos ainda mais com a saúde.

July 2, 2008 at 6:46 AM  
Anonymous sakura said...

Os amigos vegetarianos que me perdoem, mas em casa a cultura do churrasco de domingo continua firme e forte. E nos bares, os lanches de calabresa, a costelinha ou o torresmo serão bem vindos a minha mesa!

Otimo texto!Como sempre :)

July 2, 2008 at 1:24 PM  
Anonymous Felipe said...

Carne é saúde também, Gabi Lhama. Não é atoa que a maioria dos vegetarianos são quase anêmicos.

July 3, 2008 at 11:08 AM  
Anonymous Aline Masca said...

Tudo bem, esse assunto não é um lixo. Mas, prefiro um texto sobre a questão precária da fome à questão de como se alimentar. Talvez você perceba essa obssessão contemporânea por alimentos 'orgânicos' e afins por causa da sua condição financeira, dos lugares que visita. Eu (que sou uma jovem-se é que isso influencia algo) acho que temos mais problemas pra resolver.
Apesar das divergências adorei seu jeito de escrever.
Tchau, vou comer uma barra light.

July 3, 2008 at 11:34 AM  
Blogger Talita said...

Aaah,au eté meu preocupo com a minha saúde,mas de jeito nenhum deixo de comer as coisas que me deixam feliz :P

July 3, 2008 at 2:28 PM  
OpenID danygilmore said...

Pior seria se o mundo se tornasse uma barrinha de cereal light e SEM chocolate.

Tremo só em pensar!

July 7, 2008 at 8:45 PM  
Blogger Filhas da Pagu said...

Ahhh! Você sempre escreve alguma coisa que me chama atenção ou me irrita no dia-a-dia mas que não consigo concretizar no papel!
Eu estou cansada desse povinho que tira onda de salada de rúcula o tempo inteiro!
E viva a costelinha de porco da minha avó!
rsrsrs
Bjs
Karol

July 9, 2008 at 7:58 PM  
Blogger Flor de Bela Alma said...

Antonio querido, acabo de fazer um trabalho no mercadão e lá comi um imenso e gorduroso sanduíche de calabresa. Viva a vida com tudo isso! O Xico Sá contra a anorexia das gazelas e vc com o seu sanduíche de mortadela me fazem acreditar num mundo melhor..mesmo! Eu estou gordinha agora, preciso da saladinha, mas nunca abandonarei gente como vcs. Vamos comer um sanduíche de mortadela no mercadão com muita coca zero? KKKKKKKKKK. Um beijo carinhoso e veja lá no blog o trabalho no mercadão. Acabou em um vídeo no youtube. O link está no final do texto. Leia e me diga. Bia( Ribeirão)

www.flordebelalma.blogspot.com

July 10, 2008 at 3:40 PM  
Blogger poliphilo said...

Agora falando sério. Sei que seu blog é coisa mais leve mas, como disse Bernardo Bertolucci "o fascismo começa caçando tarados". Ele não queria dizer para deixar os tarados livres para agir, mas chamava a atenção para o fato de que não se pode usar a caça aos tarados como justificativa para impor um regime de terror. É como, sob o pretexto de prender pedófilos, querer, sem qualquer cerimônia, o fim da privacidade na internet (nada disso aí é meu, li tudo no blog do reinaldo azevedo, mas achei oportuno).

July 11, 2008 at 7:15 PM  
Blogger Mari said...

Concordo e assino embaixo! Gula é pecado, mas não há o menor problema em ver prazer na comida ;)

July 13, 2008 at 11:07 AM  
Blogger Nathália said...

"Antes que seja tarde e o mundo se transforme numa barra de cereal. Light."

Nããããããão!

Senhor, me leva, este mundo não é pra mim!

Prata, como anda a Robertinha, dependente do alpiste?! Que acreditava que comer a atrapalha a digestão?

July 14, 2008 at 5:07 AM  
Blogger NetDaniels said...

Os embutidos não me emocionam. Meu negócio é queijo, de preferência o Parmigiano-Reggiano (queijo parmesão).
Mas um ponto, um ninho da coruja, que você tocou, me leva agora a refletir sobre a insistência dos publicitários em nos atormentarem com esses comerciais sobre prisão de ventre, intestinos e outras vísceras. Que dureza!

July 15, 2008 at 5:56 AM  
Anonymous Mariana said...

Cadê o post sobre a lei seca???
Estava tão bom!
Bjos

July 15, 2008 at 1:24 PM  
Anonymous Ana said...

Ué, deu pra apagar posts é??

July 15, 2008 at 1:28 PM  
Blogger Carolina Carol said...

Ahá!
Há tempos procuro defensores de tamanha eloquência da minha, da sua, da nossa calabresa. E claro, sem esquecer do nosso bife de cada dia. Viva os churrascos e os sanduíches de chapa!

:)

July 15, 2008 at 5:09 PM  
Blogger Jana said...

Eu me confesso que não sou fã de calabresa. Mas calabresa combina com buteco, então viva a calabresa \o/!!!

Agora, proibir seria a maior blasfêmia, imagina do que viveriam nosso butequeiros?

Como disse alguém ai, de casquinhas de lápis?

Ecaaaaaaaa!

Bjo

July 16, 2008 at 5:30 AM  
Blogger angelinacosta said...

calabresa é tão bom. porque as pessoas seguem tendências tão cegamente? quando sair na Veja que carne é mais saudável que isso ou aquilo, todo mundo vai mudar.
paciência. ainda bem que em Manaus não tem disso...

July 16, 2008 at 7:46 AM  
Blogger Layz Costa said...

Viva a calabresa, a carne!
Diga NÃO a barra de cereal, aquela coisa sem gosto, compacta, eca.

July 16, 2008 at 7:51 AM  
Blogger luiz said...

Muito bom o texto, até pra um recém convertido à alimentação "funcional", como eu.

Não faz diferença. Seu texto é saboroso e tem substância (proteínas? vitaminas? sais minerias? ah, sei lá! haha) - é bom, não importa a corrente filosófica-alimentar do leitor.

Palmas pra você!

abraço do
Luiz Marcondes.

PS: você teria algum interesse em ser entrevistado num programa na ALLTV - www.alltv.com.br ? O meu, no caso. Mais infos no blog: //loungecultural.blogspot.com Acho que renderia um ótimo papo! Tá feito o convite! :)

July 16, 2008 at 8:36 AM  
Blogger Desi said...

Passando aqui para ver se tinha algo novo, dei falta de um post. Estava muito bom e espero que não tenha sido censurado. Bjos.

July 16, 2008 at 8:39 AM  
Blogger Luiz Marcondes said...

ops! Eu não tava logado... Agora sim:
//loungecultural.blogspot.com

E no YOU TUBE é aqui:
http://www.youtube.com/user/LOUNGECULTURAL

abraços! :) L.

July 16, 2008 at 8:39 AM  
Blogger ;) said...

aaah... ADOREI o texto!! e o blog tbm!!
Meesmo calabresa me fazendo mal, adoro. E carnee, é a melhor coisa. Sem essa de barra de cereais light..
dessa eu TÔ FORA.

Beeeijos
;***

July 16, 2008 at 6:28 PM  
Anonymous Anonymous said...

Re: Um instante, sr.

Caro Antonio

Não dá coluna para o Guia, mas funciona. Minha esposa e eu aprendemos há muito tempo como cancelar TV a cabo, sem perder o nosso tempo e sem prejudicar o emprego da Carla. "Estamos de mudança para o Exterior." Boa sorte next time. De qualquer modo, estaremos no Exterior.

PS - Agora, para saber como devolver a caixinha, só pagando consultoria...

July 19, 2008 at 6:10 AM  
Blogger Brenda said...

Viva a carne suculenta! Abaixo as barrinhas de cereal!

July 24, 2008 at 1:41 PM  
Anonymous Luísa said...

Ah, esse texto tá ótimo, haha! Muito bom o seu apelo.

July 25, 2008 at 7:22 AM  
Blogger C. said...

Adorei!! Por uma vida verdadeira, sempre!!

July 29, 2008 at 8:23 PM  
Blogger Dudu said...

Adorei hahahahaha

Salvem a calabresa, não da pra viver sem.

July 31, 2008 at 11:51 AM  
Anonymous Anonymous said...

One clips onto the rope and the other clips onto the protection (be it metal bolts or trad-gear like nuts, cams or hexes). [url=http://www.mulberryhandbagssale.co.uk]Mulberry Alexa Bags[/url] He may have had much to say about the weakness and degeneracy of latter day Rome, and yet he finds the later synthesis of Roman and barbarian cultures intriguing, the "gradual progress of society from the lowest ebb of premeditative barbarism to the full tide of modern civilisation".. [url=http://www.goosecoatsale.ca]canada goose women parka[/url] Pgxvbhsta
[url=http://www.pandorajewelryvip.co.uk]pandora bracelets[/url] Dqhfnmgzq [url=http://www.officialcanadagooseparkae.com]canada goose jacket sale[/url] thipdueko

December 25, 2012 at 7:31 PM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home