amores expresos, blog do ANTÔNIO

Wednesday, October 24, 2007

O Brasil na faixa

Como muitos brasileiros, eu também andava por aí, cabisbaixo e macambúzio, a chutar tampinhas de garrafa e maldizer a vida, o governo, o mal-tempo e o técnico da seleção. Foi quando conheci o PSTM: Partido do Socialismo Tranqüilo e Moreno. Não se trata de mais uma nova sigla, fadada às velhas maracutaias: o PSTM tem um projeto civilizatório. Ou descivilizatório, como verá o amigo.
Quem me trouxe a luz da sabedoria foi um dos fundadores da agremiação, o ilustre professor Eduardo Correia. Mais tarde, um de seus discípulos, o Dr. Marcelo Behar, me pôs à par de todos os detalhes. (Eduardo fuma cachimbo, Dr. Behar trabalha de terno, de forma que não se pode duvidar da seriedade dos dois patrícios). O projeto do PSTM é de uma simplicidade tão grande (ou de uma grandeza tão simples), que cheguei a gargalhar de felicidade ao conhecê-lo. Veja só: pega-se a extensão da faixa litorânea brasileira e divide-se pelo número de habitantes. O resultado é esplendoroso: 50 m de areia branca para cada cidadão. Chega de tentarmos ocupar o cerrado, povoar a caatinga, adentrar aquelas imensidões ermas. Já temos o sertão mítico de Euclides da Cunha e Guimarães Rosa para nosso desfrute. Para que queremos o real?
Com o PSTM o Brasil não vai pra frente, mas pro lado. Cada cidadão terá direito à sua faixa de areia e mais uns 200 metros de terra para dentro do país, apenas o suficiente para plantar uns coqueiros que dão coco, umas palmeiras onde cante o sabiá e o que mais lhe aprouver. A Amazônia e o Pantanal nós vendemos para a Europa, que já destruiu tudo o que tinha por lá e, cheia de culpa e de olho gordo nas patentes biológicas, irá cuidar das florestas. (Se não cuidar, também, já não será mais problema nosso). Os pampas a gente dá pra Argentina, em troca de carne, doce de leite, psicanalistas e centroavantes. O resto, vendemos para os EUA, que farão parques temáticos, resorts, campos de golfe e testes com armas nucleares.
Com o dinheiro da venda construiremos um SESC à cada tantos quilômetros, uns barzinhos que ofereçam peixe frito e cerveja gelada, uma linha de trem norte-sul para visitarmos amigos e parentes e sustentaremos uma ou duas gerações de vagabundos. Deitados eternamente em berço esplêndido (as cangas), poderemos enfim nos dedicar ao ócio, ao samba, ao futebol, à culinária e às grandes questões existenciais. Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor. Chegou a hora de assumirmos nossa vocação de Chile Atlântico. Chegou a hora de sermos felizes para sempre.

10 Comments:

Blogger izabela said...

Obaaaa, o Antonio atendeu meu pedido!!! Depois o povo ainda pergunta por que eu fico dando pulinhos de alegria na frente do computador, rsrsrs.
Adoro essa crônica, ela faz eu ter a impressão por alguns minutos de que é tão facil mudar o Brasil. E que tudo vai ficar perfeito, pra sempre.

Beijos

October 25, 2007 at 3:41 PM  
Blogger Álvaro said...

Caramba, vc achou a arca da aliança!
isso é a solução para tudo, perfeito, perfeito.

Vou me filiar ao partido.

October 26, 2007 at 6:53 AM  
Blogger Clarice said...

Acho que teriam que ser construídos tambem grandes clinicas para tratar de cancer de pele, com tanto sol.

October 26, 2007 at 11:07 AM  
Blogger =/ said...

poxa, antônio...
e quem gosta de frio, fica aonde?
mar e frio não combinam!
é uma idéia a se pensar, mas eu não troco Gramado e Canela, a Gruta Azul em Bonito, Porto Alegre, a ópera de arame em Curitiba (que por sinal, é uma cidade liiinda, diga-se de passagem) e até mesmo o terrível museu Olivio Otto da minha odiada Carazinho.
A idéia é boa, mas se entrar em vigor, me torno argentina!
Adios, hermano! xP
(meu espanhol é horrível... fico num dos parques tematicos dos EUA)

October 30, 2007 at 5:03 AM  
Blogger =/ said...

seeeeempre tem alguém do contra, acostuma...

October 30, 2007 at 5:04 AM  
Blogger Grazielle said...

Hahaha! Mt bom!
Vou falar sobre esse partido p/ o meu professor de Ciências Políticas.
Bjo

November 2, 2007 at 9:40 PM  
Blogger Crix said...

Genial³.
Adooooro esse texto!
Bjs

November 8, 2007 at 4:49 AM  
Blogger Mariana Marchesi said...

Hm, boa idéia... Só uma questão: como poderá o doce de leite argentino competir com o mineiro?

January 3, 2008 at 5:12 AM  
Anonymous Anonymous said...

dmca join adequately tasked surat snkjksa ought chakala vipin choice victim
semelokertes marchimundui

December 21, 2009 at 8:27 PM  
Blogger PL said...

duro é quem ganhar 50m de mangue ou de pedra...

November 22, 2013 at 10:22 AM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home