amores expresos, blog do ANTÔNIO

Tuesday, May 15, 2007

CALDEIRÃO DA BRUXA

A viagem vai terminando e estou esgotado. Sinto-me como no fim de uma rave: o dia amanhecendo, o ácido ainda batendo, eu todo sujo, grama no cabelo, aquele olhar bobo de quem teve a grande revelação sobre a verdade do universo mas já esqueceu, querendo agora apenas olhar para o lado sem descobrir mais nenhum mundo paralelo, labirinto semântico. Por favor, Deus, uma parede branca que seja uma parede branca que seja uma parede branca.
Nesse espírito fim de festa, saí me arastando, ontem, lá pela meia-noite, em direção ao abraço amigo de um Big Mac. Como se o McDonald’s fosse a embaixada de um país neutro a me dar asilo antes que começassem os bombardeios de descobertas culturais. Ah, que maravilha, ter uma refeição que não viesse acompanhada de nenhuma idéia para texto! Ah, que ilusão, ter uma refeição que não viesse acompanhada de nenhuma idéia para texto!
Ilusão porque o Saci, esse meu companheiro inseparável, no pior espírito de animador de piscina em Club Med, começou a gritar lá do alto de seu observatório no Pudong: não acabou! Ainda faltam três dias, vamos lá, ânimo! E então construiu, no tempo em que eu percorria dois quarteirões, ao lado do McDonald’s, um restaurante de Hot Pot. (Mais tarde o Saci me confessaria que erguer o restaurante em três minutos foi mais fácil do que convencer os garçons a abri-lo àquela hora. A maioria das cozinhas, aqui, fecha às dez, mesmo aos sábados).
Hot Pot é isso aí, Pote Quente. É mais do que uma comida, é todo um conceito, uma parafernália e uma aventura à qual o viajante, saindo da rave, não deve se atirar. Mas o Saci...
Eu sabia, eu sabia, eu sabia no que estava me metendo. Estava entrando num troço complexo sobre o qual eu não entendia nada, que requeriria várias decisões envolvendo levas e levas dos mais variados ingredientes e que bastava um pequeno deslize para dar perda total na refeição ou, quem sabe, pôr fogo no restaurante.
A primeira coisa que entendi, depois de uns cinco minutos básicos daquele teatro do absurdo de cada dia, com o auxílio de uma garçonete muito prática e simpática (é que o negócio era complexo mesmo), era que tinha que escolher o caldo base da minha panela. Havia, por baixo, umas doze opções.
O cardápio também estava em inglês. Se tivesse tirado o TOEFL, entenderia tudo, mas como larguei a Cultura Inglesa pouco depois do FCE, só compreendia metade das explicações – e metade, em situações como desarmar uma bomba ou pedir comida na China, equivale a zero. Por exemplo: um caldo dizia algo como “Chicken lirgles”. A gente sempre vai de chicken nesses enroscos gastro-culturais, achando que é inofensivo, mas e se o tal do lirgles fosse trompas, por exemplo? Caldo de trompa de frango? (E, pelo tamanho de um ovo, trompa de frango deve ser quase como uma meia calça infantil...) Outra opção era beef blundsteamed steew. Beef é beef, steew é ensopado, ótimo, 76,666% de aproveitamento, mas se o companheiro blundsteamed for, sei lá, uma secreção do pâncreas? Game over, bum!, acabou a refeição. (É sempre bom desconfiar das dízimas periódicas, principalmente as que repetem 666 ao infinito).
Analisei a situação com cuidado e consegui perceber que, ao contrário de muitos cardápios aqui, aquele ia numa ordem crescente de complexidade. (Vejam só, análise de códigos, estratégias militares, isso realmente cansa). Não só os nomes ficavam maiores como apareciam mais coisas desconhecidas como lirgles e blundsteameds conforme ia descendo. Tinha um pork com uns quatro sobrenomes e um sea food bloomlasts norgstimnests que eu não quis nem chegar perto...
Agarrei firme na teoria da complexidade crescente e pedi o primeiro caldo. A garçonete sorriu -- que nem minha analista, quando tínhamos uma boa sessão e queria me dizer, viu só, Antonio, as coisas melhoram, deixa de ser catastrófico. Sorri de volta. Então ela disse algo e deu um suspiro, sorridente e cansado, e eu entendi perfeitamente que ela dizia: “bom, queridão, agora que você escolheu o caldo, faltam só todos os ingredientes que virão dentro. Eu também sorri, suspirei e, quinze minutos depois, enxugávamos nossos suores com as toalhinhas umedecidas que eles têm aqui e conseguimos comemorar o fechamento do pedido: um hot pot com o primeiro caldo, fatias finas de carne, macarrão de arroz e um mix de cogumelos. Quase falei “foi bom pra você?”, mas ela não entenderia e eu ainda não estava pronto para uma segunda rodada.
O pote veio e só aí entendi tanto empenho do Saci. Hot Pot, meus amados e saudosos patrícios, é o caldeirão da bruxa. Um caldo vermelho (sangue de morcego?), apimentado (língua de dragão?), com coisas boiando (vamos chamar assim, coisas, com essa neutralidade, para não espantar a freguesia) e afundadas que, bem, eu nem sabia que existiam na natureza. Como se aquilo que conhecemos como moela fosse apenas um representante – o mais careta --, de toda uma cornucópia de miúdos com os quais até então eu não tinha cruzado. Havia tofu, mas havia coisas que... opa, isso não é tofu. Cubos do tamanho de uma caixa de fósforo, fibrosos. Havia uns pequenos tubos amarrados, espécies de macumbinha de chinchullines. Como no caso das moelas, nenhum dos objetos não identificados vinha sozinho, todos traziam seus primos, primas, tias, tios e até parentes distantes, que a gente ficava na dúvida se pertenciam à família das gosmas marrons ou da turminha dos fibrosos acinzentados. Fiquei brincando de remexer o caldeirão borbulhante por um tempo, até chegarem os meus ingredientes. Belíssimas fatias de carne, bem finas. Uma cesta de cogumelos que parecia capa de revista de culinária, o inofensivo macarrão de arroz. Joguei tudo lá dentro. A garçonete ainda fez a gentileza de se aproximar, apontar a carne e dizer: “no time”, e eu entendi que era só jogar ali e tirar, senão passava do ponto. E, como sempre aqui na China, comi maravilhosamente bem. Deixei uma boa gorjeta para aquela alma caridosa, que me ajudou na exegese do cardápio e fui para casa feliz. Quando dizem assim, “se joga!”, acho que é isso que eles estão querendo dizer, né? Caldeirão da Bruxa. Isso é que é esporte radical, o resto é bobagem

19 Comments:

Blogger Nana said...

Tenho horror a comidas esquisitas das quais desconheço os ingredientes Eu iria morrer de fome aí. Ou, pelo menos, emagrecer bastante. É, pensando assim, até que não seria mal...

May 15, 2007 at 1:04 PM  
Blogger Sofia said...

finalmente encontrou a tal da lama!
=P
parabens!

May 15, 2007 at 5:48 PM  
Blogger Isabelle said...

nossa, antonio, fazia tempo qeu eu não vinha aqui no seu blog. mas agora eu quero é ir pra china já! por favor, ministro, eu nunca te pedi nada!

May 16, 2007 at 2:40 PM  
Blogger Mapa Mundi said...

Antônio, tu é muuuuuuuuuuito engraçado, fiquei aqui morrendo de rir, sozinha, gargalhadas mesmo! Faz 2 meses que vim morar no Japão e de vez em quando me deparo com coisas estranhas feito esse hot pot aí! bjos!

May 22, 2007 at 5:09 AM  
Anonymous Anonymous said...

What i dοn't understood is in fact how you are no longer actually much more well-preferred than you might be now. You are very intelligent. You know thus significantly in relation to this subject, made me in my opinion believe it from a lot of varied angles. Its like men and women don't seem
tο be іnvolved unless it's something to do with Girl gaga! Your individual stuffs nice. All the time care for it up!
Here is my page - v2 cigs reviews

February 2, 2013 at 7:04 PM  
Anonymous Anonymous said...

Thіѕ piece of writіng іs genuіnely a niсe one it аѕsists new
net viеweгѕ, who аre
wishing foг blοgging.

My websіtе: http://Combat.by
Also see my web page - v2 cigs

February 24, 2013 at 4:33 AM  
Anonymous Anonymous said...

I ԁоn't even know how I ended up here, but I thought this post was great. I do not know who you are but definitely you're goіng to a famous
blogger if yоu аren't already ;) Cheers!

Feel free to visit my web-site; http://www.prweb.com/releases/silkn/sensepilreview/prweb10193901.htm

February 24, 2013 at 4:49 AM  
Anonymous Anonymous said...

Greаt poѕt! We ωill be linking to thіs great
content on our site. Keeр uρ thе gоοd ωriting.


Also viѕit mу wеb pаge ::
mouse click the following post
My page > mouse click the up coming article

February 26, 2013 at 2:32 AM  
Anonymous Anonymous said...

Εveryone lоνes what you guys tend to bе up too.
Τhіs κind оf сlever wогk and reportіng!
Kеер up the superb worκѕ guуs І've incorporated you guys to blogroll.

Also visit my site ... Stratoserver.net

February 26, 2013 at 10:58 AM  
Anonymous Anonymous said...

Hey there, Yоu havе done a grеat
job. I'll definitely digg it and personally suggest to my friends. I am sure they will be benefited from this site.

My website - webedom.com

February 26, 2013 at 8:37 PM  
Anonymous Anonymous said...

Ahaa, its fastiԁious dialogue сoncerning thiѕ article at this рlacе at this blog, I have
read all that, so now mе also commenting at
this placе.

My blog post: Learn Additional

March 1, 2013 at 3:34 AM  
Anonymous Anonymous said...

WOW just what I was loοking foг. Cаme here by seaгching fοr califοrniаnо

Feel free to surf tο my websitе ... click the up coming website

March 4, 2013 at 8:19 AM  
Anonymous Anonymous said...

Hi, I think уour websitе might be having brоwser сοmpatіbilitу isѕuеs.
When I loοk at уour blоg ѕitе in Ϲhгome, іt looks fine but whеn
opening in ӏntеrnet Exploгеr,
it has sоme overlapρing. I just wanted tο gіve you
a quick heаdѕ up! Other then that, fantastic blog!



Feеl free to surf to my hοmeрage:
harrycane.com
My page - flamingo.360bookmarks.com

March 8, 2013 at 5:22 AM  
Anonymous Anonymous said...

Thаnks а lot for sharing thiѕ wіth all folks yοu
aсtually undeгstand whаt you arе talking apρroximately!
Вoοkmarkеd. Кindly alѕo seeκ
aԁvicе frοm mу web sitе =).

We may have а linκ alternate contгact among us

Alѕο ѵisit my website - v2 cigs review

March 8, 2013 at 4:24 PM  
Anonymous Anonymous said...

What's up, I check your new stuff like every week. Your story-telling style is witty, keep doing what you're doing!



my page; Body Hair
My webpage: Sensepil Hair Removal

March 9, 2013 at 4:44 AM  
Anonymous Anonymous said...

Нaving read thіs I thought it was гathеr еnlightening.
I appгeciate уou taking the time anԁ energy
to put this short artіcle together. I once agаin finԁ mysеlf spenԁing a lot
of time both reading аnd cоmmenting.
But so whаt, it waѕ still worthwhіle!

Also visit my hοmepagе http://www.sfgate.com/business/prweb/article/V2-Cigs-Review-Authentic-Smoking-Experience-or-4075176.php

March 10, 2013 at 4:54 PM  
Anonymous Anonymous said...

Нey there јust ωanteԁ
to give you а quiсk heaԁs uρ.
The text in your post seem to be running off the sсreen in Firefox.

I'm not sure if this is a formatting issue or something to do with web browser compatibility but I thought I'd post tо let you knοw.
The layοut look great though! Hοpe you get the issue гesolved soon.

Thanks

My web blog :: http://www.1spanishcompany.co.uk/wiki/index.php?title=Why_Do_You_Achieve_Weight_When_You_Cease_Smoking

May 3, 2013 at 4:33 PM  
Anonymous Anonymous said...

Folks who liked it also mentioned that they had to place in some
physical physical exercise and a manage over
diet plan to shed fat from the abdomen.

my web page :: Flex Belt Review

May 16, 2013 at 12:19 PM  
Anonymous Anonymous said...

Increasingly men and women are adopting this strategy which they're finding quite very simple to practice.

Also visit my homepage: Http://mx.de2mano.com/

May 16, 2013 at 12:19 PM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home