amores expresos, blog do ANTÔNIO

Monday, May 7, 2007

POETICA (Manual, Bandeira)

Estou farto do lirismo comedido
do lirismo comportado
Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente
protocolo e manifestações de apreço ao Sr. diretor

Estou farto do lirismo que pára e vai averiguar no dicionário o cunho
vernáculo de um vocábulo

Abaixo os puristas

Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais
Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção
Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis

Estou farto do lirismo namorador
Político
Raquítico
Sifílitico
De todo o lirismo que capitula ao que quer que seja fora de si mesmo.

De resto não é lirismo
Será contabilidade tabela de co-senos secretário do amante exemplar
com cem modelos de cartas e as diferentes maneiras de agradar às
mulheres, etc.

Quero antes o lirismo dos loucos
O lirismo dos bêbedos
O lirismo difícil e pungente dos bêbedos
O lirismo dos clowns de Shakespeare

- Não quero mais saber do lirismo que não é libertação.

Manuel Bandeira: Manual, Bandeira!

2 Comments:

Blogger Jeana Bittencourt said...

como assim 0 comments! hihihi

Antonio estou passandp pra dizer mais uma vez que eu adoro seu trabalho! escrevo cronicas tambem e gostaria de dizer que comecei a escrever inspirada em voce, procurando pelo seu nome no google depois de ter tido uma verdadeira overdose de suas cronias, encontrei este blog e fiquei pasma com tanto conteudo bom!!! gostaria de deixar o link do meu blog, caso queira dar uma olhada nas minhas humildes cronicas, elas sao ate boas (nada comparado a das jabuticabas ou a das formigas -capricho-) mas sao boas sim.
Se visitar meu blog vai se dar conta que cito seu nome algumas vezes, afinal mi inspirei no teu trabalho varias vezes, ate pra criar o blog! espero que goste do meu trabalho! beijos da Gaucha Jeana Bittencourt

http://jeanabittencourt.blogspot.com/

ate mais!

August 26, 2008 at 9:29 PM  
Blogger . carol ' said...

Gente, achei que era só eu que gostav desse poema que mais lembrar o teatro que não me deixam fazer.
Me chama de louca, agora tô vendo que não sou sozinha, hahaha.

November 28, 2008 at 10:09 AM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home