amores expresos, blog do ANTÔNIO

Friday, April 27, 2007

Liberdade de ir e vir

A economia é planejada pelo Estado, a política é ultra-centralizada pelo Partido Comunista e a imprensa censurada. Mas o trânsito de Xangai, meu amigos, goza da maior liberdade da Terra. É a guerra de todos contra todos, a esbórnia total, alguma coisa entre Hobbes e o Aterro do Flamengo: o mais casca grossa dos taxistas cariocas, por aqui, daria aula de direção defensiva.
Os ônibus fecham os carros, que fecham as motos, que fecham as bicicletas, que não hesitam em passar por cima dos pedestres. E quantas bicicletas. Rios sobre duas rodas passam o tempo todo. Não só bicicletas, mas inúmeras variações motorizadas, como mobiletes, lambretas, triciclos, riquixás e outras estruturas para as quais nós, ignóbeis ocidentais, não temos palavras.

Mais táxi

Embora o risco de não chegar vivo ao destino deva ser consi-derado, vale muito a pena sair de táxi por aí. Você cruza a cidade por dez reais. E tem mais: se o taxista cuspir pela janela você tem o direi-to inalienável de não pagar a corrida. Tá escrito numa espécie de re-doma de plástico que separa o banco do motorista do resto do carro. (Para que a redoma? Para nos proteger do cuspe?). O governo está fazendo uma campanha para erradicar a escarrada do país. Querem chegar nas Olimpíadas de 2008 com pelo menos 20% a menos de catarro pelas ruas. (É uma meta realista, disse o encarregado do go-verno). Parece que, em Pequim, já reduziram em 4,8%.
Eu pagava 100 dólares para saber como foi feita essa pesqui-sa.

Assembléias gastronômicas

Tirando algumas reuniões do centro acadêmico da PUC, eu nunca tinha estado num lugar onde a comunicação é absolutamente nula. Eu não entendo nada que eles falam e vice-versa. A mímica (essa arte por mim, até três dias atrás, relegada a mera diversão de praia em dia de chuva e para a qual, agora, acendo velas toda ma-nhã), tem seus limites. Consigo bater asas ou imitar um peixe para saber se aquele negócio é frango ou peixe (juro), mas não há gesto na Terra que lembre coca. E, sabe Deus porque, a palavra coca aqui não significa lhufas para eles.
Os restaurantes costumam ter cardápios bilíngues e, muitas vezes, fotos dos pratos. Mas e para saber o que é “frango cantonês”? E para descobrir se vem com algum acompanhamento? E se dá para uma pessoa ou nove? No way, mistel Plata. O jeito é pedil e tolcel.
Acontece que, sempre que acabo de pedir, vejo que o garçom ou a garçonete fazem uma cara estranha. Eu fico na minha, achando que é paranóia. Mas aí o garçom se junta a outro, começam a falar e olhar para mim. Geralmente, nessa hora, o gerente entra na roda. O pessoal de uma mesa também dá uns pitacos na discussão. Eu fico nervoso, achando que pedi algo como purê de batata para seis e uma travessa de chantily diet. (Vai saber o que era aquele prato chamado “Aurora da primavera...”). Depois de algum tempo eles elegem o Cel-so Amorim do restaurante, o Barão de Rio Branco em horário de al-moço, enfim, um emissário que vem até mim tentar explicar os equí-vocos. Anteontem, após muito esforço, a simpática dona do restau-rante conseguiu me fazer entender que a tal lula de Zhonjhou ou sei lá onde era fria. E me sugeriu outra. (Muito boa, por sinal).
Ontem de tarde consegui tirar todos os atendentes do super-mercado de suas funções só porque pedi um espetinho de frango. Até o cara que etiquetava os produtos gesticulava, brandindo a má-quina etiquetadora, tentando me fazer entender algo que eu, absolu-tamente, não entendia. Uma mulher com pinta de gerente apontava todos os espetinhos da vitrine e dizia: one one one one one! E eu respondia: sim, moça, one! Quero one!. Só depois de uns dez minu-tos entendi: eles não vendiam only one, só a porção com seis. Saí de lá transtornado, sem espetinho e com one suco de tomate.
O ser humano mais sensível, diante dessas pequenas derrotas cotidianas, pode ir se fechando para a vida e acabar no McDonald’s. Não é o meu caso, camaradas. Vim aqui com a missão de conhecer a cidade e não arredarei o pé de meus objetivos. Ainda como aquele espetinho, nem que tenha que comprar one one one one one e mais one.

Pequena fábula

Os andaimes de várias obras são de bambu. Impressionante, eles construindo esses prédios modernésimos trepados em estrutu-ras de bambu! Vejam só que imagem mais óbvia para o crescimento chinês: eles crescem 12% ao ano, entre outras coisas, porque a mão de obra é quase de graça. A economia chinesa é o prédio sendo construído. A mão de obra é o frágil andaime de bambu.
(A realidade, às vezes, trabalha com imagens tão pobres. Po-bres de nós, escritores, que temos de achar uma maneira original de dizer as coisas).

Museu de Xangai

Quando Sócrates parou de chupar o dedo, aquela jarra de bronze na minha frente já tinha 1500 anos. Quando olhamos para a história da China, o nascimento de Cristo não fica mais distante do que o lançamento do Chevete.
Esculturas de 1800 AC impressionam, mas o que mais me em-basbacou foram pinturas e cerâmicas incríveis do século XIII, XIV. Quando penso em 1200 na Europa me vem à cabeça um monge sujo sentado numa banqueta tosca com uma roupa de saco de batatas. E o os chineses fazendo aquelas coisas elaboradíssimas. Outra coisa impressionante: você vê um pratinho de cerâmica da Dinastia Ming de 1426, outro de 1687, e vai indo, até um da dinastia Qing, de 1911. E são iguais. Não há uma evolução técnica, como na arte ocidental.
Outro dia, quando os chineses anunciaram uma lei que pode ser considerada o início da propriedade privada, o presidente da Chi-na, Hu Jintao, foi questionado sobre a abertura política. Ele disse que por ora as coisas permaneceriam como estão, sem mudanças. O a-tual estágio do comunismo, disse ele, deveria durar pelo menos mais uns cinquenta, cem anos. Lembro que o comentarista político brasilei-ro riu, na tv. Eu também. Porra, os caras passaram 600 anos fazen-do o mesmo pratinho, exatamente do mesmo jeito, o que são cin-quenta anos na política?

1 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Guys,
I need some help here folks
I'm Looking to buy [url=http://www.milesgershon.com/tv-stands.html][b]TV Stands[/b][/url] or TV [url=http://www.milesgershon.com][b]Wall Units[/b][/url] For a loft I'min the process of buying.
Can anyonegive me a good recommendation of where is the leadingplace to buy these? I live in LA and I heard that the big thing about these [url=http://www.milesgershon.com][b]tv stands[/b][/url] is the cost of shipping and installation.
I also found this great article about wiring your entertainment center: http://www.helium.com/items/1577888-how-to-wire-your-home-entertainment-center

thanks in-advance for all your help

[url=http://www.milesgershon.com][img] data:image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wBDAAUDBAQEAwUEBAQFBQUGBwwIBwcHBw8LCwkMEQ8SEhEPERETFhwXExQaFRERGCEYGh0dHx8fExciJCIeJBweHx7/2wBDAQUFBQcGBw4ICA4eFBEUHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh4eHh7/wAARCABQAFADASIAAhEBAxEB/8QAHQAAAQMFAQAAAAAAAAAAAAAABwQFCAABAwYJAv/EAEwQAAECBAMDBQgKEgMAAAAAAAECAwAEBREGByEIEjETQVFhwSIyUnJzhZGxFBUWKEJicaKkshgjJSczNDc4RVN1gaGzwsPS06O04//EABYBAQEBAAAAAAAAAAAAAAAAAAABAv/EABwRAQEBAQACAwAAAAAAAAAAAAABEQISQSExUf/aAAwDAQACEQMRAD8AmXAO241FOz1VbEgmclRp5VJg4wC9ug+99qHXPSv8yAghLzFRldZaoTrPk5hSfUYXMYpxfK/i2K6+zb9XUXU+pUUqW6oTvMWEFw7M5m5kyv4LH2KE26aq+f6oXy+dua8uRu48rqreHNKX9a8ac81CJ1FjBBRltojN9i27jOdV47TS/Wgw5S20/nEz32JUOjoXIS3Y3AXioCX+zVn3mDjrNil4ar05JvSEwh4u7sqhCzusrWLFIFtUiJeRzx2JR74GjdTUz/13Y6HQFQCtuj83+d/aEr9eDrAK251AZBzST8Koyo+ffsgIbuS/HSEcwxpwh+daAvpDfNIGsRpr8y1x0hsmEWvD7Np4w0TSeMVKbVixi0e3RrHiCDfsRpvn9ST0MzB/4HI6GRz22H/y90zyEx/JXHQmAqB/n3gRnMbASsNPzz8klc02+HGkBSrouQLHmggRqGbigMHrvzvt9sSrEffsXlFF149rSDz2pyHPURGNWywlwH74dWB+NQx/lD644lPRGFT46SD8sZ2tY1mb2VnEnuceTzg66H/6QzP7L09vLHummykHuSqk996HdI3lb58JXpjCt8n4R9MNq5A9f2YKinhW31+a1D+5CROzXOK0RWnnF2NkJpy7n58EZT3dd8YsqYXbv1emG0yM+zhknUMEZpyddennXWmWXklKpNTdypCkjUqPTeJVwA8lHlOY6lwXFK+0uaE/Fg+RqMX7VEBdprEeKKLnNirD8jievewGnUTDbBqb3JI32EPKATvaAFagALAaRPqOfG1qPfCYvVa45FkfQWo1CBsnG2JAkb1UqC/GqcyP7sX93FfPGdmz50mv90MTJ3ZNndS1clRUVNpUeOnER6SpalWPI2HQwgdkNinhWNa+dPbCcT5zmf8AbGFzF+IjwrVRT8lSe7VwmYYbcWkKCLE8yEjshzwRRZCu1eelJt1DDTaC4hZcCALKta56j/CL8BvXizEvNX6mPODv+UXaxfihtYWnEFRJHDenFkegqh5rFIwnIT7koJqoPbhsVtIQpPC+h3tYtX8P0CTojdQkKhyq3GwtLbjqd7hfdISdCL6i8Z2GCpsdVPG2Jc5pZtrEbrcpJyy5mfS7Z3lWQUgtpCgQCpSkjeFiBex5jPGIO7BCUozqrqECyE0Z0AdXLsxOKLWaqOfW1osHPzFovqUsD6G0I6CxCHbSy5xHTcfz2P22fZdCqvJpcdaSbyriWkt7rg5grduFcLm2htdFgP4FoklVKDMLXMTYnkOBLDLc4iXQsE67ylAgaX1/dDsvCj6DYMvX6fdGwewQlouUWaVVpsvUKVgqrzEnMo5Rl1ISgKSeBG8oQuRkTnG64pAwHVbi1yp1hI9JcsYl45t1ud2eySbo8jJ02ZVPTUwzOdyZRtupJmQ4b90FBHe81r9carJT0/PJcYmav7GaY3Q2pwK3QLbu6NxJPBI4+DG/I2ds6HOGB5oeNPyo9bsKGtmfOlfHCKG7+FVJXscMJzzEvVvsOnZcC5OJWT07qXz/AEQjnJdPIOOJrqHlpTcN7jgKuoXEFdrZfzlWSDh2TbseK6mzY+hRhQnZUzhX+jqMjxqkOxJh48nnf1sOwGd7OavEEH7jO6jy7MTkiJmyHldjbLzOOtIxNRHpeX9qFNtziO7l3VF1ogJWNCbA6cdOESzi1h//2Q== [/img][/url]

Mike Millican

July 28, 2010 at 2:30 PM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home